Artigos Científicos

ASSOCIAÇÕES DO TREINAMENTO RESISTIDO COM DOENÇA CARDIOVASCULAR: MORBIDADE E MORTALIDADE.

O treinamento resistido é eficiente para evitar doenças cardiovasculares mesmo sem exercícios aeróbios.

Yanghui Liu1 , Duck-chul Lee2 , Yehua Li3 , Weicheng Zhu4 , Riquan Zhang1 , Xuemei Sui5 , Carl J. Lavie6 , and Steven N. Blair7

1Department of Statistics, East China Normal University, Shanghai, China; 2Department of Kinesiology, College of Human Sciences, Iowa State University, Ames, IA; 3Department of Statistics, University of California, Riverside, CA; 4Department of Statistics, Iowa State University, Ames, IA; 5Department of Exercise Science, Arnold School of Public Health, University of South Carolina, Columbia, SC; 6Department of Cardiovascular Diseases, John Ochsner Heart and Vascular Institute, Ochsner Clinical School, University of Queensland School of Medicine, New Orleans, LA; 7Departments of Exercise Science and Epidemiology/Biostatistics, Arnold School of Public Health, University of South Carolina, Columbia, SC Correspondence: Dr. Duck-chul Lee, Department of Kinesiology, College of H

Medicine & Science in Sports & Exercise, DOI: 0.1249/MSS.0000000000001822

COMETÁRIO: Prof. Dr. Milton Rocha de Moraes*

Análise do duplo produto no treinamento de força em séries com características metabólicas e tensionais. #57

Treinamento resistido nas situações habituais de treinamento apresenta indicadores de grande segurança cardiológica.

Flávio Lopes Zaniz1, Evandro de Lima, Edimar Vasconselos Parente Júnior,

Plínio Barreto Frota, Cristino Barroso Hipólito Gonçalves, Milton Rocha de Moraes.

Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício, São Paulo,

v.2, n.7, p.55-68. Janeiro/Fev. 2008. ISSN 1981-9900.

Comentários: Dr. José Maria Santarem

Os exercícios que aumentam a força muscular poderiam ter efeitos salutares únicos? Uma análise de grupo de onze coortes populacionais com os desfechos de mortalidade por todas as causas, por câncer e por doenças cardiovasculares. #55

Os exercícios resistidos parecem ter efeitos na prevenção do câncer que os exercícios aeróbicos não têm.

Emmanuel Stamatakis, I-Min Lee, Jason Bennie, Jonathan Freeston, Mark Hamer, Gary O’Donovan, Ding Ding, Adrian Bauman and Yorgi Mavros.

Comentários: Dr. José Maria Santarem – março de 2018.

O treinamento resistido isolado reduz a pressão arterial sistólica e diastólica em pessoas hipertensas e pré-hipertensas: Metanálise. #54

O treinamento resistido isolado é eficaz para reduzir a pressão arterial.

Evitom Corrêa de Sousa, Odilon Abrahin,Ana Lorena Lima Ferreira, Rejane Pequeno Rodrigues, Erik Artur Cortinhas Alves e Rodolfo Paula Vieira. Comentários: Dr. José Maria Santarem – novembro de 2017.

1Laboratory of Resistance Exercise and Health, Campus III, Department of Physical Education, University of State of Pará, Brazil; 2Nove de Julho University (UNINOVE), São Paulo, Brazil; 3Faculdade Metropolitana da Amazônia—FAMAZ, Belém, Brazil and 4Brazilian Institute of Teaching and Research in Pulmonary and Exercise Immunology (IBEPIPE), Laboratory of Pulmonary and Exercise Immunology (LABPEI), School of Medical Sciences of São José dos Campos Humanitas and Universidade Brasil, São Paulo, Brazil. Correspondence: Dr, Professor RP Vieira, Brazilian Institute of Teaching and Research in Pulmonary and Exercise Immunology (IBEPIPE), Laboratory of Pulmonary and Exercise Immunology (LABPEI), School of Medical Sciences of São José dos Campos Humanitas and Universidade Brasil, São José dos Campos-SP, 12245-520, Brazil.

Hypertension Research advance online publication, 3 August 2017; doi:10.1038/hr.2017.69

Treinamento resistido dinâmico isolado como tratamento de estilo de vida para a hipertensão arterial: uma metanálise. #51

O treinamento resistido está reconhecido como tão ou mais eficiente do que os exercícios aeróbicos no tratamento da hipertensão arterial.

Hayley V. MacDonald, PhD; Blair T. Johnson, PhD; Tania B. Huedo-Medina, PhD; Jill Livingston, MLS; Kym C. Forsyth, BSc;William J. Kraemer, PhD; Paulo T.V. Farinatti, PhD; Linda S. Pescatello, PhD. 2016. 

J Am Heart Assoc. 2016;5:e003231 doi: 10.1161/JAHA.116.003231)

Comentários: Prof. Dr. José Maria Santarem, 2016 – novembro de 2016

Efeitos do treinamento resistido no fígado gorduroso não alcoólico: um estudo clínico controlado e randomizado. #47

O treinamento resistido é eficiente para reduzir infiltração gordurosa do fígado.

Shira Zelber-Sagi, Assaf Buch,Hanny Yeshua, Nahum Vaisman,Muriel Webb,Gil Harari,Ofer Kis, Naomi Fliss-Isakov, Elena Izkhakov, Zamir Halpern, Erwin Santo,Ran Oren, Oren Shibolet, 2015. 

World J Gastroenterol2014 April 21; 2015: 4382-4392.

Comentários: Dr. José Maria Santarem – julho de 2015.

Adaptação funcional de tendão e músculo esquelético ao treinamento resistido em três pacientes com sindrome clássica de ehlers danlos comprovada geneticamente. #46

O treinamento resistido pesado é eficiente e seguro mesmo em doença genética do tecido conjuntivo.

Mathias Bech Møller; Michael Kjær; René Brüggebusch Svensson; Jesper Lovind Andersen; Stig Peter Magnusson; Rie Harboe Nielsen, 2014. 

Muscles, Ligaments and Tendons Journal 2014; 4 (3): 315-323.

Comentários: Dr. José Maria Santarem – abril de 2015.

Uma revisão sistemática da atividade dos músculos centrais do corpo (core) em exercícios de condicionamento físico. #45

Exercícios básicos da musculação com pesos livres são os mais eficientes e seguros para estimular os músculos do core.

Jason M. Martuscello, James L. Nuzzo, Candi D. Ashley, Bill I. Campbell, John J. Orriola, and John M. Mayer.

Journal of Strength and Conditioning Research 27(6)/1684–1698, 2013.

Comentários: Dr. José Maria Santarem – março de 2015.

O treinamento resistido melhora a função hemodinâmica, a deposição de colágeno e os indicadores de inflamação: um modelo experimental de insuficiência cardíaca. #44

O treinamento resistido produz importantes benefícios na insuficiência cardíaca, sem efeitos deletérios.

Jadson P. Alves, Ramiro B. Nunes, Giuseppe P. Stefani, Pedro Dal Lago; 2014. 

PLOS ONE | www.plosone.org – October 2014 | Volume 9 | Issue 10 | e110317

Comentários: Dr. José Maria Santarem, outubro de 2014.

Eficiência do Treinamento Resistido e do Treinamento Convencional para Equilíbrio em Idosos – Um Estudo Experimental, Controlado e Randomizado. #40

O treinamento resistido é mais eficiente para melhorar a estabilidade corporal em idosos do que exercícios clássicos para equilíbrio, mesmo quando realizado com equipamento rudimentar e programas não convencionais.

Abraham M. Joshua, Vivian D’Souza, B. Unnikrishnan, Prasanna Mithra, Asha Kamath, Vishak Acharya, Anand Venugopal, 2014. 

Journal of Clinical and Diagnostic Research. 2014 Mar, Vol-8(3): 98-102

Comentários: Dr. José Maria Santare – maio de 2014

Connect us

Our social contacts

Preencha seu e-mail se quiser ser avisado sempre que um novo trabalho comentado for publicado!