Musculação, Artigos Científicos, Cursos, Eventos e Video-aulas
PESQUISAR:

  PROCURAR


Instituto Biodelta - Pioneirismo em Musculação para Idosos

Informativo 28

* Dr. José Maria Santarem

O processo de envelhecimento se caracteriza pela ocorrência e progressão dos chamados processos degenerativos em todo o organismo, que levam à fragilização estrutural de todos os órgãos e a perdas funcionais. Como tudo nos organismos vivos, a genética individual é determinante para que os processos degenerativos sejam mais ou menos intensos. No aparelho locomotor, os processos de desgaste podem limitar a prática de atividades físicas porque as estruturas ficam mais vulneráveis às sobrecargas como impactos, torções e repetições.

Os exercícios resistidos, geralmente realizados com pesos, são atualmente recomendados para as pessoas com mais idade por duas razões:

1) ao contrário de atividades repetitivas que potencializam os desgastes do organismo, os exercícios resistidos intervalados estimulam efeitos tróficos e vitalizantes, justificando os termos “musculação” e “bodybuilding”.;


2) por não terem impactos ou torções, as sobrecargas da musculação são melhor toleradas e os exercícios podem ser selecionados e  adaptados para cada situação, permitindo a sua prática mesmo em condição de grande fragilidade.

O Instituto Biodelta é uma instituição dedicada às aplicações, ensino e pesquisa do treinamento resistido. Em 1991 uma linha de aparelhos para exercícios resistidos foi projetada no Instituto Biodelta  (Linha Biodelta) com a proposta de potencializar a ativação muscular e ao mesmo tempo aliviar as sobrecargas articulares. Com essas características e com opções de regulagens para situações patológicas, esses aparelhos são ideais para os exercícios na presença de doenças, lesões e fragilidade, além de facilitar o treinamento esportivo com cargas elevadas.

De 1995 a 2009 os exercícios nos aparelhos Biodelta foram estudados nas suas aplicações e adaptações para pessoas idosas no CECAFI - Centro de Estudos em Ciências da Atividade Física da Disciplina de Geriatria da Faculdade de Medicina da USP.

Desde 2001 o Instituto Biodelta oferece atendimento em musculação terapêutica, entendida como a prática dos exercícios resistidos com adaptações para a presença de doenças e lesões. A principal clientela são as pessoas idosas ou em processo de envelhecimento que já apresentam limitações para outras atividades físicas.  

O tradicional curso de especialização “Fisiologia do Exercício e Treinamento Resistido na Saúde, na Doença e no Envelhecimento” tem foco na musculação terapêutica e existe desde 1996. Atualmente esse curso é oferecido pela Escola de Educação Permanente do Hospital das Clínicas em parceria com o Instituto Biodelta, onde ocorre o estágio prático dos alunos. O Instituto Biodelta também oferece cursos de curta duração com foco em musculação terapêutica, com a parte teórica à distância.

Muitos ex-alunos dos cursos do Instituto Biodelta estão estabelecidos há vários anos, trabalhando com musculação terapêutica. Quando as suas instituições participam dos programas oferecidos pelo Instituto Biodelta para formação e atualização de equipes, são identificadas pelo selo CMS – Centro de Musculação Supervisionada e podem ser localizadas em nosso site: www.biodelta.com.br.


* José Maria Santarem (CRM-SP 25.651) é doutor em medicina pela Universidade de São Paulo, fisiatra e reumatologista pela Associação Médica Brasileira, consultor científico da Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte, diretor do Instituto Biodelta e coordenador do site acadêmico www.treinamentoresistido.com.br.

publicidade
publicidade