Instituto Biodelta – Pioneirismo em Musculação para Idosos

Dr. José Maria Santarem*

O processo de envelhecimento se caracteriza pela ocorrência e progressão dos chamados processos degenerativos em todo o organismo, que levam à fragilização estrutural de todos os órgãos e a perdas funcionais. Como tudo nos organismos vivos, a genética individual é determinante para que os processos degenerativos sejam mais ou menos intensos. No aparelho locomotor, os processos de desgaste podem limitar a prática de atividades físicas porque as estruturas ficam mais vulneráveis às sobrecargas como impactos, torções e repetições.

Os exercícios resistidos, geralmente realizados com pesos, são atualmente recomendados para as pessoas com mais idade por duas razões:

1) ao contrário de atividades repetitivas que potencializam os desgastes do organismo, os exercícios resistidos intervalados estimulam efeitos tróficos e vitalizantes, justificando os termos “musculação” e “bodybuilding”.;

2) por não terem impactos ou torções, as sobrecargas da musculação são melhor toleradas e os exercícios podem ser selecionados e  adaptados para cada situação, permitindo a sua prática mesmo em condição de grande fragilidade.

O Instituto Biodelta é uma instituição dedicada às aplicações, ensino e pesquisa do treinamento resistido. Em 1991 uma linha de aparelhos para exercícios resistidos foi projetada no Instituto Biodelta  (Linha Biodelta) com a proposta de potencializar a ativação muscular e ao mesmo tempo aliviar as sobrecargas articulares. Com essas características e com opções de regulagens para situações patológicas, esses aparelhos são ideais para os exercícios na presença de doenças, lesões e fragilidade, além de facilitar o treinamento esportivo com cargas elevadas.

De 1995 a 2009 os exercícios nos aparelhos Biodelta foram estudados nas suas aplicações e adaptações para pessoas idosas no CECAFI – Centro de Estudos em Ciências da Atividade Física da Disciplina de Geriatria da Faculdade de Medicina da USP.

Desde 2001 o Instituto Biodelta oferece atendimento em musculação terapêutica, entendida como a prática dos exercícios resistidos com adaptações para a presença de doenças e lesões. A principal clientela são as pessoas idosas ou em processo de envelhecimento que já apresentam limitações para outras atividades físicas.

O tradicional curso de especialização “Fisiologia do Exercício e Treinamento Resistido na Saúde, na Doença e no Envelhecimento” tem foco na musculação terapêutica e existe desde 1996. Atualmente esse curso é oferecido pela Escola de Educação Permanente do Hospital das Clínicas em parceria com o Instituto Biodelta, onde ocorre o estágio prático dos alunos. O Instituto Biodelta também oferece cursos de curta duração com foco em musculação terapêutica, com a parte teórica à distância.

* José Maria Santarem é doutor em medicina pela Universidade de São Paulo, fisiatra e reumatologista pela Associação Médica Brasileira, consultor científico da Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte, coordenador de pós-graduação na Escola de Educação Permanente do HC-FMUSP, diretor do Instituto Biodelta, autor do livro Musculação em Todas as Idades (Ed. Manole) e coordenador do site acadêmico www.treinamentoresistido.com.br.

Connect us

Our social contacts

Social menu is not set. You need to create menu and assign it to Social Menu on Menu Settings.

Preencha seu e-mail se quiser ser avisado sempre que um novo trabalho comentado for publicado!